• Kosop Clínica Médica

Os riscos das bebidas alcoólicas durante o verão.



Férias, praia, piscina, ceias, jantares e churrascos são para muitos um convite ao consumo de álcool. Mas o consumo de bebidas alcoólicas pode trazer consequências para o resto da vida, ocasionando desde brigas e confusões até situações de acidentes graves ou coma alcoólico.


Em reportagem do jornal Zero Hora, o psiquiatra Arthur Guerra, chefe do Grupo de Estudos em Álcool e Drogas (Grea) da Universidade de São Paulo (USP) e presidente executivo da ONG Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (Cisa), recomenda a todos, especialmente, aos jovens, a moderação, pois nunca se sabe quem é propenso desenvolver um quadro de alcoolismo.


De acordo com Guerra, três são os principais fatores de risco do consumo de álcool:

  1. Genético: quando a pessoa tem mais enzimas capazes de metabolizar o álcool e, portanto, mais facilidade para ter prazer ao beber.

  2. Psicológico: quando o álcool é usado como anestésico ou como uma droga antidepressiva.

  3. Social: quando a bebida é instrumento de aceitação dentro de um grupo de amigos.


Não abuse e aproveite o verão com saúde.


A OMS estabelece que o consumo aceitável de álcool é de até duas doses por dia para homens e uma dose por dia para mulheres, mas esse consumo deve dividido em, no máximo, até 4 dias a cada semana. Uma dose padrão de bebida alcoólica equivale a 350ml de cerveja, 150ml de vinho ou 50ml de destilado.


O uso do álcool não é recomendado, nem em pequenas quantidades, para grávidas, motoristas, pessoas em uso de medicações, pessoas com condições clínicas que podem ser pioradas pelo álcool (hipertensão e diabetes), alcoolistas em recuperação ou menores de 18 anos.


Diabéticos devem estar ainda mais atentos à caipirinha, pois a bebida leva bastante açúcar. Cuide também da Covid-19. Lembre-se também que o coronavírus Sars-Cov-2, causador da Covid-19, não tira férias. Por isso, higienize bem a sua lata ou garrafa, não divida copos com ninguém e também evite festas e aglomerações. A nossa responsabilidade para o fim da pandemia deve ser compartilhada com todos. Portanto cuide-se bem e tenha um verão feliz e saudável.



2 visualizações0 comentário