• Kosop Clínica Médica

Falta de libido: o que é, causas e tratamentos.



A falta de libido é a diminuição ou ausência do desejo sexual. É comum em homens na andropausa, após os 45-50 anos de idade pela diminuição natural do hormônio sexual masculino, a testosterona, responsável em grande parte, pelo desejo sexual no homem. A falta de libido pode ser causada pelo avanço da idade, pela falta de produção de testosterona ou então por fatores psicológicos.


A falta de desejo sexual é também uma queixa predominante entre as mulheres. Segundo um estudo da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, realizado pelo Cresex (Centro de Referência e Especialização em Sexologia), a falta ou diminuição do desejo sexual afeta 48,5% das mulheres que procuram auxílio médico por conta de disfunções sexuais.


O resultado segue a linha de outro levantamento feito pelo Hospital das Clínicas (HC) da FMUSP (Faculdade de Medicina da USP), que mostrou que a falta de libido representa o maior número de queixas registradas no Ambulatório de Sexualidade, somando 65% das reclamações.

Entenda as causas.


Além de causas psicológicas ou advindas de problemas no relacionamento dos casais, na maioria dos casos a falta de libido ocorre quando a taxa de testosterona está abaixo do que é considerado normal e ideal para o homem. Variável de um paciente para outro, a análise da taxa hormonal necessita do acompanhamento de um médico especialista.


O fator do estresse.


O estresse pode interferir no sistema nervoso autônomo: simpático e parassimpático. Durante a relação sexual, no homem, o parassimpático produz a ereção, e o simpático, a ejaculação. Na mulher, o parassimpático é responsável por produzir a ereção de todos os tecidos, aumentando a quantidade de muco, o que facilita a penetração.


O estresse desequilibra este sistema, fazendo com o que simpático funcione mais. Com isso, interrompe essa preparação para o ato sexual, podendo até causar desconforto. Por isso, a diminuição da libido acaba sendo interferida pelo estresse.


Como tratar.


A falta de libido tem tratamento e não precisa ser um fator prejudicial para a sua qualidade de vida. O tratamento ideal para cada caso deve ser orientado por um médico especialista da área, mediante à consulta presencial.


Quando a causa é psicológica ou de atritos no relacionamento, recomenda-se uma visita ao psiquiatra ou psicólogo. Nos casos de falta de libido por baixos níveis de testosterona, é indicada uma reposição hormonal orientada por um profissional especialista. A reposição é geralmente feita por via intramuscular com moléculas de liberação prolongada que podem durar até 90 dias, ou ainda através de um creme ou gel. Você pode tratar da falta de libido na Kosop Clínica Médica em Curitiba-PR com a endocrinologista Dra. Rafaela Kosop, o urologista Dr. Alzemir Santos da Silva Jr ou com os psiquiatras a Dra. Nilce Mitiko Yamamoto e o Dr. Marcelo Yamamoto.


Ligue (41) 3022-6472 ou mande um Whats para (41) 99111-6472 e marque a sua consulta.

2 visualizações0 comentário

©  2019 por GAS Branding e Comunicação

KOSOP CLÍNICA MÉDICA

Segunda a sexta

8h às 18h

CONTATOS E AGENDAMENTO

(41) 3022-6472

(41) 99111-6472

contato.kosopcm@gmail.com

Av. João Gualberto, 1342 - sala 1813 | Juvevê, Curitiba 

ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • White Facebook Icon

Diretor técnico médico: Dr Ricardo Paul Kosop – CRM/PR 28565