top of page
  • Foto do escritorJosé Augusto Cruz

Redes sociais: A que ponto o consumo deixa de ser saudável?

DR. Marcelo Honda Yamamoto | Psiquiatra | CRM-PR 28.609 - RQE 17.674


As redes sociais surgiram para conectar mais as pessoas. Hoje é possível ter acesso a uma infinidade de conteúdos nas mais diversas plataformas. Apesar de todos os benefícios do digital, será que há riscos para a saúde mental daqueles que passam muito tempo conectados?


Sim, é possível que algumas pessoas tenham prejuízos na vida. Alguns pontos devem ser levados em consideração:

  • Deixar de fazer atividades importantes porque passam muito tempo acessando as redes sociais;

  • Comparar-se aos outros que ditam os padrões e sofrer por conta do sentimento de inferioridade;

  • Distanciar-se afetivamente das pessoas próximas, como pessoas que moram na mesma casa ou amigos;

  • Dificuldades de concentração;

  • Sentir solidão apesar de sempre estar conectado;

  • Problemas com a qualidade do sono.

Se você percebe que alguns desses pontos se encaixam na sua vida, reflita se não é o momento de ajustar o seu tempo de uso das redes sociais. Caso não consiga por conta própria, busque uma ajuda profissional com um psiquiatra.


Agenda sua consulta aqui na Clínica KOSOP, vai ser um prazer poder te ajudar!

📞(41) 3022-6472

📱 (41) 99111-6472

31 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page